Free!

  • Descrição

    O Tieline Commander está entre os codecs de áudio mais confiáveis e amplamente utilizados no mundo para transmissões externas como futebol,  shows, enlaces, etc. O  Commander TLR300B 2RU tem o tamanho de duas unidades de rack, com todos os controles de hardware no painel frontal. Foi desenhado para funcionar com o Tieline Commnander G3, versão para externa.

  • Descrição
    Add a Review

Codigo do Produto Commander TLR300B.

Categorias: , , .

Tags: , , , , .

Os CODECs Tieline, modelo Commander G3, portátil ou de rack, são utilizados por milhares de estações de rádio e televisão no mundo inteiro, diariamente, para realizar externas, enlaces entre o estúdio e o transmissor ou distribuição de áudio entre estúdios em diferentes locais.

Todos os CODECs Tieline são compatíveis com o padrão EBU N/ACIP Tech 3326 e a empresa tem compromissos com o desenvolvimento de novas tecnologias IP, seja por meios físicos, seja sem fio 3G/4G, para melhor aproveitar as novas infraestruturas de rede que emergem em todo o mundo.

O Tieline Commander TLR300B2 2RU vem com duas entradas balanceadas em conectores XLR, com saídas para fones nos painéis frontal e traseiro e entradas de microfone . Ele tem quatro medidores PPM, que podem mostrar áudio de envio, de retorno, ou de canais selecionados. O display mostra a qualidade da conexão em tempo real e todos os controles estão acessíveis ao toque de um botão, ou podem também ser bloqueados.

Dois softwares são fornecidos gratuitamente com cada Tieline G3 2RU.

O programa ToolBox proporciona os meios para customizar o CODEC com os recursos necessários para cada transmissão.

O software TLG3 GUI emula o painel frontal do Commander 2RU. Ele pode ser usado para controlar o CODEC através de conexões USB, serial RS-232,  por rede local e pela internet. Este avançado software pode controlar todas as funções do CODEC, como discagem, navegação pelo menu, monitoração de áudio e controle de níveis.

Com o Commander G3 você pode escolher entre módulos de entrada analógicos ou digitais. Você pode optar entre um módulo com duas entradas e saídas análogas com conectores XLR,  ou por um com duas entradas e saídas digitais AES/EBU com conectores XLR. A opção AES/EBU inclui clock interno, clock externo AES/EBU ou Word Clock externo. A Tieline também implementou um chaveamento automático do clock externo para o interno, na eventualidade de uma falha do externo.

Ao adquirir qualquer CODEC TLR300B2 você pode escolher o primeiro card  de entrada e saída a ser instalado, sem qualque custo adicional.

1 - Interface Analógico com duas entradas e duas saídas (Part No: TLANA2IN2OUT)

Card analógico para CODEC Commander de rack. Com duas entradas e duas saídas balanceadas em conectores XLR e uma entrada/saída AUX em um plug de 6,35mm (P10). A saída balanceada AUX também pode ser usada como saída para fones.

2 - Interface digital AES/EBU 3ID (Part No: TLAESBU3ID)

Card digital para CODEC Commander de rack. Com duas entradas e duas saídas digitais balanceadas em conector XLR mais um entrada desbalanceada AES3 (selecionável por jumper), com entrada de  word clock AES3 como referência de sincronismo.

Redundância por chaveamento automático em caso de falha : esta poderosa opção proporciona chaveamento automático de uma rede para outra, em caso de falha de enlace. Por exemplo, se a conexão IP cai, ela pode conectar automaticamente para POTS, ISDN ou 3G. Isso proporciona grande tranquilidade em enlaces estúdio/transmissor e transmissões externas ao vivo.

Controles e conexões flexíveis

Todos os CODECS Commander IP vem com interfaces USB, serial e para LAN. Dois comandos de entrada e saída GPIO por relé (expansíveis até 8 usando a caixa de relés opcional Tieline CAN 8+8) oferecem uma grande variedade de roteamento de áudio,  por uma matriz interna,  e controle de equipamentos externos . Teclas "hot-key" no painel frontal podem ser programda para acionar relés e fazer mudanças de status, ou relés externos podem se interfaceados para acionar equipamentos em qualquer das pontas do enlace. RS-232 ou dados brutos pode ser enviados através da porta serial do CODEC e transmitidos até a outra ponta do enlace, para controle de equipamentos.

O Commander 2RU é também o único CODEC que permite o controle das entradas de áudio no CODEC remoto, a partir do estúdio; assim, seus narradores não tem que se preocupar com qual é o nível de entrada correto. Você pode controlar cada entrada individualmente, ou paralelar todas as entradas de áudio à um controle único no estúdio.

SmartStream - Uma audível diferença em tecnologia

Como pioneira em Áudio por IP, a Tieline absorveu muitos anos de conhecimento e expertise na transmissão de áudio por redes IP sem gerenciamento, como a Internet pública. E agora, a exclusiva tecnologia SmartStream IP eleva a transmissão por essas redes a um novo patamar de segurança, ao trafegar AoIP com total confiabilidade.

Alguns fabricantes cobram milhares de Reais por software de gerenciamento de IP, como extras opcionais. Não a Tieline.  A empresa acredita que alta performance e conexões sólidas, estáveis, são essenciais e parte integrante de cada transmisssão. Portanto, o renomado software de gerenciamento SmartStream IP é fornecido graciosamente.

A tecnologia exclusiva e proprietária SmartStream IP responde a condições variáveis na rede IP com agilidade e flexibilidade, otimizando a confiabilidade da conexão em circuitos com perdas, como redes de celulares 3G e internet pública, especialmente em situações onde opções como  QoS (Qualidade de Serviço)  não estão disponíveis.

Commander TLR300B2  - Destaques

Dois encaixes de expansão, que aceitam módulos "plug-in"  IP, 3G/4G, POTS/PTSN, ISDN, X.21, GSM e satélite B-GAN.

Um Interface Gráfico de Usuário (GUI) para programação local e controle de CODECs. Sua a escolha de módulos analógicos ou digitais AES/EBU de entrada e saída.

Uma coleção de algoritmos capaz de atender qualquer das necessidades de transmissão, incluindo os famosos Music e MusicPLUS da Tieline - assim como outros algoritmos standard da indústria, como G.711, G.722 e MPEG Layer II.

O algoritmo MusicPLUS, com sua grande tolerância à perda de pacotes, proporciona áudio estéreo com qualidade de estúdio, com até 20 kHz de resposta e um retardo de apenas 20 ms, a velocidades tão baixas quanto 96kbps - uma característica ideal para as conexões de IP atuais e rede celulares 3G/4G.

O algoritmo Tieline Music pode enviar áudio mono com qualidade de FM (até 15 kHz) a bit-rates tão baixos quanto 24kbps, com somentes 20 milisegundos de retardo de codificação.

Uma matriz digital 12 x 6 de roteamento de áudio digital (DMR).

Inúmeras, configuráveis,  facilidades de  comunicação, com teclas para comandos locais e comunicações entre estúdio/externa.

Perfis de conexão pré-configurados e ajustáveis mono, estéreo, mono/IFB e dual mono.

Capacidade para mixagem digital de três entradas e três saídas, incluindo 2 entradas balanceadas de mic/linha, 1 auxiliar desbalanceada in/out e duas saídas balanceadas.

Sistema de controle por RS-232, com relé na placa, para controle remoto de equipamentos em qualquer das pontas ligadas pelo CODEC.

Controle remoto total dos níveis de entrada do CODEC externo a partir do estúdio.

Software de configuração e controle para PC Tieline Toolbox, gratuito, para configurar,  rotear o áudio e controlar as entradas dos CODECs do estúdio e da externa.

Chaveamento automático para rede secundária, em caso de queda da principal.

TIELINE COMMANDER 2RU - ESPECIFICAÇÕES

Entradas e saídas

Entradas de áudio análogas         2 XLR fêmeas e 1 RCA (Aux)

(card opcional)

Saídas de áudio análogas             2 XLR machos e 1 RCA (Aux)

(card opcional)

AES/EBU Audio Card opção 1     1 XLR fêmea de entrada e um XLR macho de saída estéreo, com Word Clock em conector BNC

AES/EBU Audio Card opção 2     1 XLR fêmea de entrada e um XLR macho de saída com clock de referência STR

Saídas de fones                              Dois plugs de 6,5 mm (P10)no painel frontal e 1 plug de 6,5 mm (P10) na traseira

Impedância de entrada                  5K ohm, alta impedância

Impedância de saída                      50 ohm, balanceada

Nível de clipagem                           +18dBu(entradas e saídas)

Resposta de frequência                 20 Hz a 15 kHz (POTS/GSM)

20 Hz a 20 kHz (ISDN)

THD                                                  <0,01%  @ +4dBu

Relação sinal/ruído analógico       >84dB @ +4dBu

Frequências de amostragem

Conversores A/D & D/A                 24 bits Sigma-Delta

Freq. de amostragem IP                16kHz, 24kHz, 32kHz, 48kHz

Freq. de amostragem 3G               16kHz, 24kHz, 32kHz, 48kHz

Freq. de amostragem POTS         16kHz, 32kHz

Freq. de amostragem ISDN          16kHz, 24kHz, 32kHz, 48kHz

Freq. de amostragem X.21/V35

Interfaces de dados X.21/V35       Até 384kbits/S

Freq. de amostragem GSM           16kHz, 32kHz

Algoritmos

Proprietários                                    Music, MusicPLUS

ISDN                                                 G.711, G.722, MPEG Layer 2, MPEG, Tieline Music, Tieline MusicPLUS

GSM                                                  Tieline Music

X.21                                                   G.711, G.722, MPEG Layer 2, Tieline Music, Tieline MusiPLUS

IP                                                       G.711, G.722, MPEG Layer 2, PCM, Tieline Music, Tieline MusicPLUS

3G/4G                                                           G.711, G.722, MPEG Layer 2, Tieline Music, Tieline MusicPLUS

Módulos de Interface

4G/LTE                                             Duas versões, aceitando diversas redes globais. Aceita cartões SIM full-size

4G USB                                            Módulo USB para conectar módulos compatíveis com 4G-LTE

3G (módulo software)        Cards internos 3G GSM/UMTS/HSDPA/HSUPA ou EVDO Rev0/RevA disponíveis, ou celular banda larga através do módulo master Tieline USB

Porta IP Ethernet                 TCP/UDP, SIP, em LAN, WAN, internet pública

ISDN                                     Tarifa básica S/T ou módulos U, com até dois canais  2 B aceitos por módulo, através de conectores RJ-45

POTS/PSTN análogo         Módulo de MODEM POTS com conector RJ11

X.21                                       Conector macho DB15

Satélite                                  Um telefone externo BGAN ou Inmarsat pode ser conectado ao módulo ISDN ou à porta de LAN IP

Interfaces de dados e controle

USB                                       USB 1.1 (escravo)

LAN Ethernet                       Porta 10/100 em conector RJ-45

Serial                                     RS232 até 115kbps, com ou sem controle de fluxo CTS/RTS, através de conector DB9 fêmea

RS232                                   Porta de interface de dados pode ser utilizada como canal de dados proprietário.

CAN                                      CAN diferencial, conector DIN de 6 pinos, fêmea

Interface do painel frontal

2 RU montagem em rack   Keypad de 20 teclas

Display                                  4 X 20 linhas LCD

Display                                  4  indicadores configuráveis LCD TX & RX

Indicadores de nível                       4 x 8 LEDs .  Fonte configurável por seletor

Canal On/OFF                     On/Off, ganho e roteamento configuráveis

Cue/Intercom                       Matriz de roteamento configurável

Entrada de microfone         1 jack de 6,35mm(P10)AUX balanceado

Fones de monitoração        2 jacks de 6,35mm (P10)

Mixagem Send/Return       Mixagem entre os áudios de Envio/Retorno ou uma mixagem de ambos

Teclas programáveis          4 teclas para configuração da matriz

Relés de controle GPIO

Entradas                                2 entradas. Contato fechando para terra com mandada interna de 5 V @ 5mA, através de conectores pheonix machos de 0,15 polegadas de largura. (Conector de alimentação de  12 V tem dois relés de entrada como sensores de alimentação: um independente e outro duplicado através de conector phoenix).

Saídas                                   2 saídas, chaveamento flutuante, estado sólido, 48 V, 100mA

Dados gerais

Dimensões                                       48,5cm X 27,3cm X 8,8cm

Peso                                                  2,83 kg

Alimentação                                     90 a 250 VAC, sensor automático, por conector IEC de 3 pinos

Temperatura de operação             5º Centígrados a 45º Centígrados

ico-folheto-tecnico