et-loader

Air-4

Nesse momento chegamos nas consoles que nos remetem a grandes nomes da marca Audioarts, como a R-60 , D75, R55, etc. Aqui as consoles já ganham chassis maiores, recursos mais maleáveis e contrução de top de linha. A Air-4 é a console que entrega mais recurso da série “Air”. Considerada por mim como top de linha dessa série entrega 13 canais e possibilidade de mais fontes por canal. Ao verificar seu design, já nos mostra as características que tanto se procura em consoles de radiodifusão. Então vamos às características:

  • Dois barramentos de PGM (PGM1 e PGM2); • Treze canais, que se dividem em: quatro canais para microfones, oito canais para linha e o canal treze é um módulo para acomodar híbridas; • 4 circuitos pré amplificadores para miocrofones com ganhos independentes . Não são integrados aos módulos e há a possibilidade de reduzir o número de canais de microfones em detrimento aos de linha. Como não há integração, os microfones podem ser alocados em qualquer canal desejado; • O canal 13, com o nome de CALLER, é usado para receber áudio de híbridas e como todas as consoles até aqui, possui um retorno MXM (mixminus) para essas híbridas; • Seleção A/B em cada canal, exceto no canal 13  (CALLER). Permite a colocação de duas fontes por canal, bastando um toque no botão para alternar entre uma e outra; • Botão talkback, funciona da mesma forma que na Audioarts 08, ao ser acionado, corta o som enviado no MXM e dá lugar ao Mic1. • Controles independentes Para Monitor, Cue, Fones e Studio. A partir desse modelo teremos a adição do controle de nível de áudio para estúdios. • Chaveamento de tally embutido para controle de um Relè externo • Entrada “EXT”,  para inserção de um Receiver ou som processado para retorno do locutor. • Alto-falante de CUE interno.

Há muitas características importantes nessa console. A Air-4 traz muitos recursos extras que são desejados por radiodifusores e um deles é a presença de portas de comando (GPIO). Antigamente conhecida como Machine ports, essas portas são importantes pra entregarmos comandos a partir da operação e estão dispostas em um conector DB-25 no painel traseiro da console. O monitoramento pode ser feito através do Monitor (Control Room) e Studio e cada um desses possui seleção independente de fonte, podendo ser PGM1, PGM2 ou EXT. A alimentação da console é feita por uma fonte externa, assim como as anteriores, fazendo com que seja mais leve e a possibilidade de troca em caso de pane seja simples e pouco traumática, o que aliás é uma escolha que a Audioarts faz desde o início. Mais uma vez o recurso USB está presente, com as mesmas características das consoles mais básicas, a diferença está na saída deste módulo. Nas consoles mais básicas o áudio proveniente do PC através da USB tinha um canal fixo, nesse caso ele fica disponível em um conector RJ45 para ser direcionado, través de um cabo,  para qualquer entrada desejada na console. O envio de

áudio para o PC continua sendo feito por um dos barramentos de PGM que pode ser escolhido entre o 1 e o 2 através de um dipswitch no painel traseiro. O que concluo sobre a Air-4 é que as consoles evoluiram em recursos sem precisarem crescer em tamanho. A construção feita em metal, como sempre, não cresce em tamanho, ainda apresentando uma console compacta, com painéis modulares de 4 canais agruopados. Um intermediária de respeito.

A Audioarts AIR-4 tem 4 pré-amplificadores de microfone embutidos, o que permite a utilização de um microfone para o apresentador e mais três para convidados, sem a necessidade de usar nenhum mixer externo.

Ela tem 12 faders de entrada (com seleção de fonte A/B), um décimo teceiro fader com talkback e mix-minus automático para atender à chamadas; controle para máquinas externas, dois barramentos de programa, alto-falante de cue embutido e controles para monitoração de técnica, estúdio e fones.

Com os recursos básicos como controle de máquinas, cue, talkback e mix-minus incluídos, a AIR-4 é perfeita para pequenas estações pensando em melhorias, assim como para facilidades maiores que necessitam de um estúdio auxiliar ou estúdio para jornalismo.

Adicione conectividade por USB para computadores de jornalismo, estações de trabalho de áudio ou streaming de áudio, e a AIR-4 é perfeita para estações de rádio locais e broadcasting pela internet.

DESTAQUES

– Medidores VU chaveados

– Lógica de START remoto para cada fader

– Dois barramentos de programa com saídas balanceadas (comutáveis para estéreo ou mono)

– Saída para estúdio com seleção de fontes independentes e tecla de talkback da técnica para o estúdio

– Chaveamento eletrônico

– Iluminação a LED

– Chassis compacto

– Entrada externa para a seção de monitoração (para monitorar a transmissão “no ar”)

Conexão USB para versatilidade extra

– Conectores RJ-45 para cabeamento de baixo custo

ESPECIFICAÇÕES

ENTRADA DE ÁUDIO

Microfone                   Conector de inserção direta, balanceado, impedância >2KΩem modo bridge, sensibilidade ajustável, nível máximo de entrada: -6dBu

Linha                           Conector  RJ-45, balanceado. Impedância >10KΩ em modo bridge.  +4dBu = 0VU.  Nível máximo de entrada: +24dBu

Externo                        Mesmos valores de Linha

SAÍDA DE ÁUDIO

Programa                    Conector RJ-45, balanceado; impedância de 100Ω, para conectar com equipamentos >600Ω;  0VU = +4dBu.  Saída máxima de +24dBu

Estúdio e Técnica      Conector RJ-45, desbalanceado

Fones                         Estéreo, em jack de 1/4″ (P10) TRS, para alimentar fones típicos de broadcast, com impedância >200Ω

Cue                             Alto-falante na barra de medidores

Conector fêmea DB-25 para ligar amplificador de potência externo

LÓGICA

On-Air                     Em conector fêmea DB-25.  Contatos fechando em baixa corrente para alimentar relé externo de sinalização NO AR

Comando START     Saída com isolador ótico, para partida remota de equipamentos

PERFORMANCE

Resposta                     +- 0,1dB,  20Hz-20kHz (linha e microfone)

Alcance Dinâmico      Linha(ganho unitário)113dB; Mic (ganho de 54dB)100dB

Headroom                  24dB acima de -4dB

Ruído                          Microfone: -128dB EIN. Linha: -87dB, referência de 0VU

THD+N                       Mic: <0,02% @-50dBu de entrada, +4dBu de saída.   Linha: <0,003% @-4dBu de entrada, +4dBu de saída

Diafonia entre barramentos: -90dB @1kHz

Separação estéreo:    -60dB @1kHz

FÍSICO

Dimensões                 L: 72,1cm. P: 39,1cm. A: 4,1cm frente; 11,2cm traseira

Peso                           7,7kg. Peso de transporte na embalagem: 11,3 kg

Alimentação                100-240VAC, 50-60Hz, 50W

ico-folheto-tecnico