O Audio Sobre IP Veio Para Ficar

[vc_row][vc_column][vc_row_inner][vc_column_inner][rev_slider_vc alias=”consolesporip”][/vc_column_inner][/vc_row_inner][vc_column_text]O Áudio sobre IP veio para ficar. Assim começamos nossa conversa dessa semana.

O Áudio sobre IP, também chamado de AoIP, deixou de ser o futuro para assumir o posto de tendência real e presente. Hoje não cabe mais a pergunta: “Será que vale a pena eu investir em áudio sobre IP?”. De Rádios pequenas com um ou dois estúdios a emissoras de rede com dezenas de instalações, todos podem, e devem investir nessa tecnologia. Não há tamanho mínimo que não justifique esse investimento.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]Essa modernidade se reflete na velocidade de montagem e configuração, trazendo um estúdio médio porte a vida em menos de uma semana. Montagens simplificadas, componentes de qualidade e mão de obra especializada são pontos importantes nessa jornada.
Para quem ainda não se familiarizou com a tecnologia e não sabe como funciona, vamos com uma breve explicação dada pelo Engenheiro Thiago Carneiro da Switch Broadcast.

Planeta do Radio: Thiago, O que seria o Áudio sobre IP?
Thiago Carneiro: De maneira simples, para o radiodifusor que ainda não conhece, é um tipo de digitalização de áudio no qual o áudio em si, digitalizado, não é “tocado” pelo sistema a não ser na entrada e na saída. Esse áudio digitalizado vai em formato de payload, ou seja, de informação útil, dentro de pequenos pacotes IP, que por sua vez trafegam por switches e cabos de rede.[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″ css=”.vc_custom_1531769539355{border-radius: 4px !important;}”][vc_column_text]

AUDIOARTS IP-12 CONSOLE NO AR DIGITAL

O Audioarts Ip-12 Console no Ar Digital, possui Todos os módulos de entrada equipado com display LED indicando o nome da fonte dos programas e um seletor de entradas A / B , cujas fontes podem ser definidas através de um codificador rotativo na seção master.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]

WHEATSTONE EMX PR&E CONSOLE DIGITAL POR IP

 

Com o Wheatstone EMX, o PR & E apresenta um console conectável à rede AoIP que pode suportar até as instalações mais exigentes. A superfície de controle do Wheatstone EMX é um console autônomo totalmente integrado para aplicações no ar e produção.

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]Planeta do Radio: Qual as principais vantagens de termos um sistema assim?
Thiago Carneiro:  As principais… O sistema te possibilita uma infinidade de resoluções antes impossíveis com analógico e digital comum, por assim dizer. Primeiramente a possibilidade de termos todas as fontes da emissora disponíveis o tempo todo e em qualquer lugar. Em segundo lugar, a arquitetura inteligente de Blades da WheatNet IP, da Wheatstone Corporation. Essa arquitetura é de inteligência distribuída, que permite ter um sistema auto redundante com correção de falhas totalmente seguros. As informações de conexões, configurações e comandos ficam armazenados nos próprios blades, fazendo uma rede de contribuição e autossuficiente sem a necessidade de um servidor central.

Planeta do Radio: E na qualidade de áudio? Observamos alguma diferença?
Thiago Carneiro: Para falar disso preciso mencionar a mudança de analógico para AoIP da Super Rádio TUPI do RJ, pela qual fui responsável. Usamos o sistema da Wheatstone com blades dos mais diversos modelos com Mesas LX-24 e Evolution-1. Mudamos sem alterar nenhum ajuste em nossos processamentos de áudio e ao retomarmos as transmissões do novo local a percepção foi imediata de melhora. Isso aconteceu em sistemas montados pela minha empresa, a Switch Broadcast. Em todos os casos o áudio melhorou sensivelmente.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Planeta do Radio: E você atribui isso a algum fator específico?
Thiago Carneiro: Ao sistema em si. Como a WheatNet trabalha com áudio sem compressão, você obtém na entrega ao seu processador o som mais fiel possível. O que você insere no sistema é o que você obterá na outra ponta. Mais perfeito que isso não há. Não há as perdas dos conversores A/D – D/A nem de circuitos analógicos.

Planeta do Radio: Alguma última consideração para quem vai adquirir esse sistema?
Thiago Carneiro: A Wheatstone é uma empresa com um histórico de sucesso, ela possui marcas como Audioarts e Pacific Research em sua bagagem, então na época, eu tive a segurança de usar equipamentos de quem entende do assunto há muito tempo, quem não lembra dos consoles R-60, R-55 e D75? Eram as queridinhas dos radiodifusores. Contudo minha maior consideração é que os radiodifusores sigam as especificações da fábrica e de integradores como nós da Switch Broadcast, usem os switches recomendados, construam o sistema com bases sólidas, que são componentes como cabos e conectores de qualidade. Invistam sem medo.
O Planeta do Rádio oferece diversas opções de Consoles e blades do sistema Wheatstone, confiram![/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column]

Consoles no Ar - Digital por IP

WHEATSTONE LX-24 1212

Consoles no Ar - Digital por IP

WHEATSTONE GLASS LXE

[/vc_column][/vc_row]